sábado, 27 de junho de 2009

"Se você não está disposto a parecer um idiota, não merece se apaixonar"

Começando um post novo hoje, como sempre. Semana passada nem eu, nem a Thaís postamos – por pura preguiça UAHUAHUA.
Hoje é uma dica de filme, um filme não tão legal mas eu realmente me apaixonei por ele - e sério, a trilha sonora é contagiante e eu não enjooei da musica até agora (eu ouço todo o dia).
É um pouco velho, tenho certeza que vocês já ouviram falar ou até já assistiram.

DE REPENTE É AMOR:
Algumas pessoas levam anos para se apaixonar à primeira vista, como a história de Emily e Oliver, que se conhecem em um voo e passam um tempo juntos mas seguem caminhos diferentes.Então, durante sete anos, eles continuam encontrando-se periodicamente, mas em meio a tantos conflitos parece que a vida não quer que eles se unam de vez.

Gênero: Comédia romântica
Elenco: Ashton Kutcher, Amanda Peet.
Site oficial: http://filmes.net/derepenteeamor/
Tempo de duração: 107 minutos
Classificação etária: 12 anos
Trailer Oficial:

video
ou http://www.youtube.com/watch?v=HoBrAnhCvc0
Ano de lançamento: 2005



beijos, beeeijos. :*

sábado, 13 de junho de 2009

Pequenas coisas

É incrível como uma simples ligação pode nos deixar felizes. É incrível como as melhores coisas da vida são realmente de graça. [hippie mode: on] Eu aqui, escrevendo, me ouvindo repetir cada palavra que escrevo... O frio entrando pela janela que eu esqueci de fechar, o(s) cobertor(es) por cima de mim para que eu suporte o frio... Ouvindo meu John Mayer, e escrevendo, fazendo algo que não tem cobrança, nem pressão.
Sim, eu estou feliz, simploriamente feliz, mas o fato da ligação aconteceu ontem. Não que eu estivesse deprimida com o dia cinza, (adoro dias assim...), e nem com a data capitalista, o dia dos namorados. (Sim, todo mundo já foi nos shoppings e comprou alguma coisa, contribuindo na crise pra fazer o dinheiro circular! aê negada! )
Ah, pra mim, dia dos namorados é todo dia. Sou a favor de dar presentes, claro que sou. Mas aquele presente inesperado, sem data, porque você viu algo que tinha certeza que ele/ela iria gostar... own, que romântico.
Enfim, parando de fugir do assunto, estava eu ontem a noitinha, umas 19:00, no computador, tentando fazer um trabalho, que as minhas queridas amadas fofas que não mandam trabalho coisa nenhuma mandassem a parte delas por e-mail. Não mandaram e eu liguei para uma das colegas, a Iasmin. Atendeu a mãe dela, acho.
Eu: alô?
Suposta mãe da Iasmin: Alô? Quem fala?
Eu: É a Thaís, posso falar com a Iasmin?(sorri enquanto fala)
Suposta mãe da Iasmin: Pode, pode.
Eu: Obrigada :D.
Suposta mãe da Iasmin: Que vozinha linda que tu tens! (voz)
Eu ri: Obrigada! – e a suposta mãe da Iasmin também riu.

Nisso ela chamou a Iasmin.
Iasmin: Alô?
Eu: Olá, você está falando com a moça que tem uma vozinha linda! (finge a voz mais falsa e infantil que consegue)
Iasmin (já rindo): Eu ouvi isso, eu ouvi!
E nós duas começamos a gargalhar.

Juro que deixou o resto do dia mais leve, e, se eu tenho realmente uma voz bonita e fui querida ao telefone, quem sabe eu também não fiz algo pela suposta mãe da Iasmin?
E agora eu to aqui, sorrindo ao lembrar de uma coisa simples que aconteceu ontem mas me deixou feliz. Com o frio entrando na minha janela que eu ainda não me levantei para fechar, meu Luke do The kooks cantando “Ooh la” e tentando lembrar de alguma coisa pra escrever e fechar bem esse texto. Já sei: É incrível como uma simples ligação pode nos deixar felizes.



--

Hey, os posts tão todos assinados com "Ameixa" (ódio. HEUAHUEAH) mas tem uns meus ali no meio... (H)
Beijosmil ;*

Momento Katy Perry

Momento bolsas da Katy Perry
Um bolinho??
Siim, um bolinho. Nada menos vulgar. Quem não sabe quem usa bolsa-bolinho, cupcake , com certeza pode ter uma idéia.
É ela, Katy Perry.
Mesmo com suas músicas-super-pops e o estilo “ M-A-R-A” que ela tem, eu não deixo de não-gostar dela. Fazer o que? Gosto é gosto (e mesmo assim ainda acho o Robert Pattinson horrível).
Então:

sim, uma bolsa de bolinho.
Ok, eu sei que é muito difícil de se encontrar uma coisa dessas,além de custar algo mais de alguns anos juntando sua mesada, mas é muito Mara.
A bolsinha de cupcake, cravejada de cristais, custa quatro mil e trezentos dólares,da Judith Leiber.
Muito mais que a sua mesada, né?
--
Sinceramente, eu queria descobrir onde Katy Perry compra os acessórios que ela usa.
Pensando bem, um brechó das Roupas dela não cairia mal.
Tudo bem, eu admito. Eu gosto das roupas e acessórios dela. Tuuudo bem. De algumas músicas dela também.
A bolsa dela é uma boca, eu Q-U-E-R-O!Pronto, eu precisava falar!

Eu não achei o preço, mas parece muito mais barata que a outra, mas talvez só pareça.



Ariane

sábado, 6 de junho de 2009

Batman - O cavaleiro das trevas.

Bom, pra Ariane, o “Batman – O cavaleiro das trevas (the dark knight)” é um dos melhores, se não o melhor, que ela já viu. Se apaixonou pelo Heath Ledger, só que só depois de ele estar morto, mas ok.
Tirando todo o fanatismo-adolescente-aaaai-o-heath-é-lindo, o filme é bem legal, sim. É um filme longo, inteligente. Mostra a violência de uma maneira real, mais que o primeiro, Batman Begins. Sei lá, é inteligente, psicologicamente complexo, onde os sentimentos humanos são questionados, como instinto de sobrevivência e a vaidade, por exemplo. Algumas partes eu tinha que pensar, raciocinar mesmo, heauheauhe.





O Batman, no longa, se junta ao Tenente Gordon e ao promotor de justiça Harvey Dent para limpar de vez as ruas de Gotham dos bandidos, etc. Mas além dos bandidos ditos “normais”, surge o maquiavélico Coringa.





O coringa, interpretado pelo Heath Ledger, é um psicopata, que quer mostrar que todos podem se corromper, dependendo da situação, inclusive o herói-bonzinho-amo-as-crianças-odeio-bandidos Batman. “It’s not about Money, it’s about sending a message”, nas palavras do mesmo.






“The Dark Knight reúne o diretor Christopher Nolan com a estrela Christian Bale, que retorna para continuar com a guerra ao crime do Batman. Com a ajuda do Tenente Jim Gordon (Gary Oldman) e do promotor público Harvey Dent (Aaron Eckhart), Batman trabalha para destruir de vez o crime organizado em Gotham. O trio se mostra eficaz, mas eles logo se vêem como alvos de uma promissora mente criminosa conhecida como Coringa (Heath Ledger), que envolve Gotham em anarquia e força o Cavaleiro das Trevas a ficar próximo de cruzar a tênue linha entre herói e vigilante.”




Ta aí a dica, o filme é ótimo, acho que quem devia ter ganhado o prêmio de melhor luta no MTV movie awards 2009 tinha que ter sido do Coringa VS Bruce Wayne... Enfim, assistam e enjoy.

Thaís

Dicas de filmes

Nossa, eu estou tãão feliz *-------*
ok, se vocês querem dicas de filmes básicos, a primeira é essa:

#1 O Diário de uma babá (2007)
Annie é uma jovem que quer auto descobrir-se e encontra o emprego menos esperado: de Babá। Ela é contratada, de maneira impulsiva, por uma senhora rica, a senhora "x", da upper west side.
Logo, ela descobre que o Grayer, a criança que ela tem de cuidar, não é o que ela pensava que fosse e que ele só queria a atenção dos pais.



Gênero: Comédia/Drama
Elenco: Scarlet Johansson, Donna Murphy,John Henry Cox, Alicia Keys, Nicholas Art, etc...
Site Oficial: http://www.thenannydiariesmovie.com/
Tempo de Duração: 105 minutos
Classificação etária: Livre
Trailer Oficial: videoou http://www.youtube.com/watch?v=i8kXj2URh0o

tão bonitinho :)

--
#2 Os Reis de Dogtown (2005)
Nos anos 70, em Venice - California - Um grupo de amigos leva o skate à fama, não sabendo que isso geraría muitos problemas entre eles. Baseado em fatos reais e nos verdadeiros Z-boys, um grupo que revolucionou o skate.
Elenco: Heath Ledger, John Robinson, Victor Rasuk, Emile Hirsch, Michael Angarano, Nikki reed, Rebecca De Mornay etc...
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 105 minutos
Site Oficial: http://www.osreisdedogtown.com.br/
Classificação Etária: 14 anos
Trailer Oficial: videoou http://www.youtube.com/watch?v=E0K6lUm5ynw
Perfeito, perfeito <3>Ariane


Ameixa cult

Ameixa Cult é mais um blog criado com o propósito de informar... Hum, anyway, acho que tenho que começar a escrever aqui. Eu, Thaís, e a Ariane vamos escrever aqui, desde coisas que aconteceram com a gente até críticas de algum livro. Bom, pelo menos é esse o conceito e é o jeito que a gente pensa em fazer o blog. Espero que gostem *-*

Thaís